quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Artigos Relacionados × +

As criaturas de Harry Potter: Hipogrifos

No mundo da magia e mitologia sempre me encantei pelas criaturas mágicas, algumas dessas tem seus corpos formados de diferentes partes de animais, algumas até com pessoas. Como os centauros ( metade homens metade cavalos), os Grifos (corpo de leão, cabeça e asas de águia) e hipogrifos ( da cintura pra cima o Hipogrifo possui corpo de pássaro e da cintura pra baixo o corpo termina em um cavalo) são criaturas que povoam a mitologia grega. Hoje quero falar dos hipogrifos.

No universo de Harry Potter também encontramos hipogrifos (no livro vários, no filme apenas Bicuço). Sobre essas criaturas fantásticas em Harry Potter e O Prisioneiro de Azkaban, Hagrid avisa “... a primeira coisa que vocês precisam saber é que são orgulhosos (...). Se ofendem com facilidade, os hipogrifos. Nunca insulte um bicho desses, porque pode ser a ultima coisa que vão fazer na vida” e acrescenta “ Vocês sempre esperam o hipogrifo fazer o primeiro movimento (...). É uma questão de cortesia, entendem? Vocês vão até eles, fazem uma referencia e ai esperam. Se o bicho retribuir o cumprimento , vocês podem tocar nele. Se não retribuir, então saiam de perto bem depressa, porque essas garras machucam feio”.



Esses animais mitológicos gozam de esplêndida beleza, imagino quão magnífico seja voar com eles. Em “Animais fantásticos e onde habitam” recebem a classificação XXX ( Bruxo competente pode enfrentar”. E segue a descrição “ O hipogrifo é nativo da Europa, embora seja atualmente encontrado no mundo inteiro. Tem cabeça de uma enorme águia e corpo de cavalo. Pode ser domesticado, embora isso só deva ser tentando por um perito (...) O hipogrifo escava o chão à procura de insetos, mas come igualmente aves e pequenos mamíferos. Em época de acasalamento, esse animal constrói um ninho no chão e ali deposita um único ovo, grande e frágil, que choca em vinte e quatro horas. O filhotes estará pronto para voar uma semana depois, embora ainda vá levar meses para poder acompanhar seus pais em viagens mais longas”.  

Aparição em Filme: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

Localização: cercado de Hogwarts

Detalhe técnico: Os animadores digitais fizeram Bicuço fazer cocô na hora em que o animal começa a andar na direção dos alunos, inspirados no desejo do diretor Alfonso Cuarón de acrescentar “realismo” às criaturas.

Descrição no livro Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, capitulo seis: quando superava o choque de ver pela primeira vez uma coisa metade cavalo, metade passado, você começa a apreciar o corpo brilhante do hipogrifo, que passava delicadamente de pena e pelo...”


Informações retiradas dos livros "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban", "Animais Fantásticos & Onde Habitam" e  "O livro das Criaturas de harry Potter".

Você irá gostar

As criaturas de Harry Potter: Hipogrifos
4/ 5
Oleh

1 comentários:

Escrever comentários
avatar
29 de janeiro de 2015 22:13

É muito lindo este animal, quando assitia o filme eu falava "Ual! Eu quero voar de Hipogrifo também", sem duvidas o mundo de Harry Potter é um dos mais incríveis já criado. J.K. Rowling não poupou a imaginação, ela criou um universo inteirinho.

Responder