domingo, 22 de março de 2015

Artigos Relacionados × +

KELPIE (CAVALO-DO-LAGO)

Causa-me encanto quando encontro seres folclóricos em sagas e series. Sei da importância e da magia de se criar os próprio seres, faço muito isso, mas quando encontro seres que de alguma forma já foram criados imagino que o autor teve todo um trabalho de pesquisa envolvendo a introdução desse personagem na historia. Talvez alguns autores não o façam, mas alguns devem fazer. Imagino que J.K Rowling, R.R Martin e Tolkien o tenham feito.

Consta em “Animais Fantásticos e onde habitam” as seguintes informações:

---

KELPIE (CAVALO-DO-LAGO)

Classificação MM.: XXXX
Esse demônio aquático da Grã-Bretanha e da Irlanda pode assumir várias formas, embora na maioria das vezes apareça como um cavalo com crineira de folhas de tábua. Depois de atrair os incautos para montá-lo, ele mergulha direto ao fundo do rio ou lago e devora o cavaleiro deixando suas tripas boiando à superfície. A maneira correta de dominar um cavalo-do-lago é passar as rédeas por cima de sua cabeça com um Feitiço de Colocação que o torne obediente e manso.
O maior cavalo-do-lago do mundo encontra-se no lago Ness, Escócia. Assume, de preferência, a forma de uma serpente marinha. Os observadores enviados pela Confederação Internacional dos Bruxos perceberam que não estavam lidando com uma serpente verdadeira quando a viram transformar-se em uma lontra à aproximação de uma equipe de investigadores trouxas e, em seguida, voltar à forma anterior quando eles partiram.

---

Outra literaturas também falam sobre a criatura. Para os Celtas o Kelpie é um espirito aquático que habita em profundas piscinas, córregos e rios escoceses. Comumente assumindo a forma de um pequeno cavalo ( as vezes dizem ser preto ou "verde cor de vidro"), com jubas e caldas pretas. Consta que também pode assumir a forma de um humano, mas sempre tem algo da água que o denuncie - como algas marinhas em seu cabelo. Em sua forma de cavalo ele pode esperar  perto de uma vau para seduzir um viajante cansado à monta-lo através do rio. Ele pode parecer um pônei manso, mas qualquer um que fosse tolo o suficiente para monta-lo seria levado para o rio e se afogaria. 

Outro nome para o Kelpie na Ilha Man é o Glashtyn. Como todos os kelpies, o Glashtyn aparece como um cavalo- mais especificamente um potro cinza. Sendo visto muitas vezes nas margens de lagos e só aparecendo á noite.

Em Portugal, uma fada conhecida como Phooka também é dito tomar a forma de um cavalo e induzir crianças a monta-la. Ela então mergulha com elas em um precipício matando-as. 

Kelpies também eram conhecidos por roubar garotas humanas e torna-las suas esposas, as quais jamais tornariam a ver suas famílias. Há uma historia de sobre a esposa de um kelpie que conseguiu escapar para a terra firme, deixando o kelpie e seu filho bebê. Embora ela tenha chorado ao deixar seu filho, ela ansiava por companhia humana e sabia que o kelpie amava seu filho e cuidaria dele. Ela voltou para sua família que ficou muito feliz em revê-la, pensando que ela teria se afogado anos atras, mas enquanto comemoravam, uma terrível tempestade com ventos uivantes teve inicio. Acima do barulho da tempestade podia-se ouvir os gritos furiosos do kelpíe. No meio da noite quando a tempestade estava em seu auge, eles ouviram um baque forte contra a porta da casa. Não se atreveram a olhar, era o kelpie que veio por sua esposa. Na parte da manhã a tempestade se acalmou e eles abriram a porta para ver quem havia batido nela e encontraram a cabeça decepada do bebê.

Algumas historias falam que o kelpie nem sempre é masculino, mas também pode assumir a forma de uma mulher humana. Neste caso a kelpie é muitas vezes referida como um espectro de agua e é mais frequentemente vista com um vestido verde. Sendo tão traiçoeira quanto o kelpie masculino.

Conta-se que ha uma maneira de derrotar e domar a criatura. Dizem que seu poder de mudar de forma reside no seu freio e quem puder possuir tal freio pode forçar o kelpie a se submeter a sua vontade. O que se assemelha aos contos de nossa Mula-sem-cabeça ( O encanto desaparecerá quando alguém tiver a coragem de arrancar-lhe da cabeça o freio de ferro ou se alguém tirar uma gota de sangue com uma madeira não usada. Dizem-na sem cabeça, mas os relinchos são inevitáveis. Quando o freio lhe for retirado, reaparecerá despida, chorando arrependida, e não retomará a forma encantada enquanto o descobridor residir na mesma freguesia). Um kelpie subjugado é altamente valorizado, tem a força de pelo menos 10 cavalos e a resistência ainda maior, mas as raças de fadas são sempre perigosos mesmo presos, especialmente uma forma tão maligna como a do kelpie, tentar domá-lo é algo de pouca sensatez.






Você irá gostar

KELPIE (CAVALO-DO-LAGO)
4/ 5
Oleh