quarta-feira, 20 de maio de 2015

Artigos Relacionados × +

Criaturas do Universo de Harry Potter: Testrálio

Das muitas criaturas incríveis de Harry Potter, os Testrálios estão entre as que mais se destacam pelas suas especificidades. Além de sua intrigante (ou assustadora?) aparência reptiliana eles tem uma característica fascinante e curiosa: só podem ser enxergados por quem já viu a morte, isto é pra quem viu alguém morrer. Não acho que muita gente iria querer vê-los então... 


Como já imaginamos quando falamos em adaptações a criatura aparece muito mais vezes nos livros do que nos filmes. Eles têm sua aparição em Harry Potter e A Ordem da Fênix. No filme vemos os estudantes rumando para Hogwarts em carruagens aparentemente sem cavalos. O que dá pra deduzir que elas são enfeitiçadas e andam sozinhas. Só que não é bem assim. Elas são puxadas pelos Testralios. Nesse momento da historia Harry e Luna conseguem enxergar as criaturas. Como Harry ainda não sabia nada sobre as criaturas e não tinha certeza de se Luna realmente as via ou se estava mentindo começou a duvidar da própria sanidade mental. Ela só as consegue ver devidos os acontecimentos de Harry Potter e o Cálice de Fogo, onde ele viu Cedrico morrer. 

Vejamos uma das aparições da criatura no livro:

Ali se encontravam aguardando mais ou menos cem carruagens, sem cavalos, que sempre levavam os alunos mais adiantados até o castelo. Harry deu uma olhada rápida, afastou-se um pouco para vigiar a chegada dos amigos, então deu uma segunda olhada.
As carruagens não eram mais sem cavalos. Havia animais parados entre os varais dos carros. Se precisasse designa-los por algum nome, ele supunha que os teria chamado de cavalos, embora possuíssem uma cosia reptiliana também. Eram completamente descarnados, com os couros negros colados ao esqueleto, no qual cada osso era visível. As cabeças semelhavam a de dragões, e os olhos sem pupilas, eram brancos e fixos. Da junção das espáduas saiam asas- imensas e negras, coriáceas, que pareciam pertencer a morcegos gigantes. Imóveis e quietos na escuridão, os bichos eram estranhos e sinistros. Harry não conseguia entender por que as carruagens seriam puxadas por esses cavalos quando eram perfeitamente capazes de se mover sozinhas.
( Harry Potter e a Ordem da Fênix- capitulo 10, páginas 162)

O curioso da cena é que quando Harry vê os cavalos pela primeira vez realmente so ele (e Luna) os vê. Assim ele inicialmente tenta mostra-los a Rony, sem sucesso. Mesmo com Rony olhando diretamente para o Testrálio ele não era capaz de vê-lo. Em outro momento, já mais pro meio do livro, depois de algumas aparições rápidas dos Testrálios Harry e seus amigos vão finalmente saber o que é a criatura. Nada mais adequado do que uma aula de Trato das Criaturas Mágicas com o Hagrid para isso. No trecho o Professor leva seus alunos pela floresta para ir de encontro com esses incríveis animais. Como já disse antes, não é qualquer um que pode vê-los. Então apenas Harry, Luna e um terceiro aluno conseguiram ver. Eu gostei muito das paginas sobre essa aula do Hagrid, pensei em transcrevê-la toda aqui, mas ficaria uma postagem muito grande. Deixo a recomendação para que a leiam no livro. Fiquem com esse trechinho:

... Harry cutucou Rony e apontou para o espaço vazio entre dois teixos nodosos.
Dois olhos vidrados, brancos, brilhantes foram crescendo na penumbra depois surgiram a cara draconiana, o pescoço e, em seguida o corpo esquelético de um enorme cavalo alado negro emergiu da escuridão. O animal correu os olhos pela turma por alguns segundos, balançando a longa cauda negra, então começou a arrancar pedaços da vaca morta com seus caninos pontiagudos.
( Harry Potter e a Ordem da Fênix- Capitulo 21, p. 364)

Os Testrálios ajudam a transportar Harry e os outros integrantes da Armada de Dumbledore até o ministério da Magia em Ordem da Fênix. Um testrálio também é usado como parte do plano para resgatar Harry da Rua dos Alfeneiros em Harry Potter e as Relíquias da Morte- Parte 1, montado por Gui Weasley e sua noiva, Fleur Decalour.

Luna menciona que as pessoas evitam os Testrálios por eles serem "diferentes", e durante a aula de Hagrid ele afirma que a ideia que as pessoas tem da criatura ser agourente é um equivoco. Eles são animais incompreendidos, especialmente pelo fato de só serem enxergados após a pessoa ter visto a morte. Lançando esses pensamentos numa reflexão podemos imaginar a nossa sociedade, que é cheia de preconceitos destinados a todos aqueles que são chamados de "diferentes". Essa sociedade avalia o "belo" como sendo o "correto" e muitas vezes a própria ideia imposta de beleza é deturpada resultando em diversos preconceitos, dentre eles: gordobofia, magrofobia, racismo, xenofobia, homofobia e outros.



O pêlo de seu rabo foi utilizado como núcleo da poderosa Varinha das Varinhas. O pêlo possui uma substância muito forte e apenas pode ser manipulado por grandes bruxos capazes de enfrentar a morte. E não seria por menos, os Testrálios são criaturas relacionadas diretamente com o outro lado do véu, nada mais justo do que atribular a essas criaturas especiais essa importante menção histórica.






Você irá gostar

Criaturas do Universo de Harry Potter: Testrálio
4/ 5
Oleh

15 comentários

Escrever comentários
avatar
20 de maio de 2015 14:19

Eu não sou muito Potterhead, mas desse Testrálio eu lembrava em particular, pq eu gosto da Luna, e lembro dela comentando que só quem tinha visto a morte enxergava eles. Muito legal sua explicação. Beijos.

Responder
avatar
20 de maio de 2015 20:27

Primeiro de tudo I LOVE HP!!!!
amei seu post e depois vc disse tudo ! a sociedade realmente é preconceituosa e só o belo realmente é correto, mas com um trabalho de formiguinhas tenho fé que isso um dia irá acabar!
bjus

Responder
avatar
21 de maio de 2015 10:41

Ola Augusto como AMO HP adorei a postagem e todo esse universo que envolve os filmes, livros. ótima postagem e concordo com você esse animais são maravilhosos, da´um saudade de rever o filme. Gosto muito da Luna . abraços

Joyce
www.livrosencantos.com

Responder
avatar
21 de maio de 2015 10:46

Oie! Gostei bastante do seu post, fez eu ter aquela vontade de terminar de ler os livros. Confesso que fui preguiçosa o bastante para terminar de lê-los. Mas preciso consertar erro com urgência!
Um grande beijo!
Blog Cheiro de Livro Nacional

Responder
avatar
21 de maio de 2015 10:47

Ops! Não terminar de lê-los. hehehe *.*

Responder
avatar
21 de maio de 2015 11:11

Não recordava mais Testrálio, as faz tanto tempo que li e assisti que acabei esquecendo desse detalhe. ótimo texto e excelente referencia, gosto de observar os mínimos detalhes, por isso, faço tantas releituras.
http://www.poesianaalma.com.br/

Responder
avatar
21 de maio de 2015 15:22

Oi Augusto, adoro todos os filmes do Harry Potter e nunca li os livros! Eu tinha visto essa cena referente aos Testrálios, gostei bastante e são essas coisas que sempre me atraem no universo fantástico, gostei dessa postagem e dessa curiosidade!
Beijos,
http://scraplivros.blogspot.com.br/

Responder
avatar
21 de maio de 2015 16:43

Oláá
Eu adoro os filmes de Harry Potter mas infelizmente nunca li os livros pois não tive oportunidade, mas pretendo sim comprar e ler a coleção., adorei seu post sobre a criatura ;)

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Responder
avatar
22 de maio de 2015 00:19

Oi Augusto, tudo bem?
Bom, como já falei em outros pots, não curto HP, mas acho fascinante a forma como você fala sobre tudo que envolve o universo.
Não conhecia o Trestrálio pois não tive contato mais profundo com nada do universo HP, mas é uma criatura que eu não iria querer ver por motivos óbvios.
Bjs

A. Libri

Responder
avatar
22 de maio de 2015 06:45

Oi Augusto, muito interessante isso dos Trestálios serem vistos apenas por quem já viu a morte. Imagino mesmo que quem não os vê, como na cena deles puxando a carruagem deva pensar que está enlouquecendo ou alucinando.
Como sou por fora deste mundo de HP, é tudo novidade para mim.
Bjs, Rose.

Responder
avatar
22 de maio de 2015 07:32

Eu gosto muito do Harry Potter e amo assistir aos filmes mais de uma vez, nunca me atentei as criaturas desse forma, e gostei bastante da sua abordagem assim vou prestar mais atenção qdo assistir de novo, as criaturas tem um papel forte na trama mas foram pouco explorados, adorei seu post.

Responder
avatar
22 de maio de 2015 13:35

Gente, eu sou apaixonada por qualquer tipo de coisa relacionado a Harry Potter. Eu nunca tinha visto o animal desta forma, e fiquei meio chocada quando comecei a ler porque realmente faz tanto e tanto sentido. Sou apaixonada pela Luna e seu olhar diferente e to apaixonada pelo blog.
Um beijo
cheireiumlivro.blogspot.com.br

Responder
avatar
24 de maio de 2015 19:54

Tenho os livros aqui mas não li ainda. E quando assisti o filme foi meio que or assistir. Então tudo o que você falou é novidade pra mim. Ache interessante quando você menciona a questão do belo. Muito bacana sua colocação. Ir junto com a sociedade é um movimento bacana, acreditar em tudo o que ela nos diz e não ter a inteligência de pensar sobre o que se faz e acredita!

Um abraço!
Pensamentos Valem Ouro

Responder
avatar
24 de maio de 2015 21:02

Oi Augusto, tudo bem? ^^

Adorei sua postagem e as informações que ele trás sobre HP, mas confesso que não sou uma Potterhead, ainda que tenha lido os três primeiros livros e assistido aos filmes, não é dos meus livros favoritos.

Beijo!
Livros & Tal [ http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/ ]

Responder
avatar
26 de maio de 2015 23:27

Oi Augusto, tudo bem?

Sou uma grande fã do universo de HP. Gostei dos Testralhos porque no filme eles ficaram parecidos com o que eu imaginava. As criaturas dos livros são fantásticas, o que mostra que a JK tem muita imaginação.

beijos
Kel
www.porumaboaleitura.com.br

Responder