sábado, 26 de setembro de 2015

Artigos Relacionados × +

Até mais, e obrigado pelos peixes ( O Mochileiro das Galáxias)


Não é segredo que sou um grande fã do trabalho de Douglas Adams, reconheço nele a genialidade de brincar com as palavras e o poder para nos levar ao deslumbrante improvável. Assim sigo no caminho de sua obra O Mochileiro das Galáxias e terminei de ler o volume quatro da série. 

Propondo como uma escala diria que foi o livro mais calmo até agora, e nessa calma perdeu um pouco de pontos comigo. Gosto daquela agitação das guerras espaciais e tiro pra todo lado. Nesse volume Adams afastou-se um pouco disso, em contrapartida nos permitiu conhecer um pouco mais do nosso querido Arthur Dent e da sua vida na terra, incluindo o novo romance da história. 

Surpreendi-me inicialmente com a ideia de que a Terra estava de volta e que Arthur agora viveria nela evitando relembrar suas loucas viagens pelo tempo e espaço, felizmente ele volta ao espaço e leva junto sua nova companheira, Fenchurch. Ford Prefect e Marvin tem uma curta aparição enquanto Trillian e Zaphod apenas são mencionados ( o que me frustrou um pouco). 

No decorrer da historia algumas questões são propostas, dentre elas o resurgimento da Terra e o desaparecimento dos golfinhos e a mais importante de todas “qual é a mensagem final de Deus para sua criação?”. Claro que eu não vou contar qual é essa mensagem, só lendo mesmo pra saberem. E digo, é uma mensagem que justifica muita coisa. 

Sigo mergulhando no trabalho de Adams e vou para o quinto e ultimo volume da série “Praticamente Inofensiva”, espero encontrar muita ação no Espaço.. 

Você irá gostar

Até mais, e obrigado pelos peixes ( O Mochileiro das Galáxias)
4/ 5
Oleh

6 comentários

Escrever comentários
avatar
4 de outubro de 2015 00:46

eu gosto bastante dos dois primeiros, o terceiro dá uma quebrada e achei esse quatro tão bons quanto o Guia e o Restaurante... mas o que houve com Marvin... pqp... me deixou desolada e fui pro quinto livro meio que aos prantos xD
kkkkkkkkkkkkk
Douglas Adams é <3

Responder
avatar
4 de outubro de 2015 01:15

Acredita que nunca li??? vergonha isso! morro de vontade e pretendo ler a série logo! meu irmão é fascinado e vive reclamando que eu tenho q ler também

Responder
avatar
4 de outubro de 2015 18:36

Já li o primeiro e o segundo e após ler a sua resenha fiquei com muita vontade e entusiasmo de finalmente terminar essa série
Abraços
http://myself-here1.blogspot.com.br/?m=1

Responder
avatar
4 de outubro de 2015 23:23

Olá, sabe que não tenho tanta vontade de ler essa série? Talvez porque esse não é o gênero que estou acostumada a ler normalmente, mas adorei a sua resenha e quem sabe mais para frente posso dar uma chance a ela :D

Beijos

http://www.oteoremadaleitura.com/

Responder
avatar
5 de outubro de 2015 16:03

Olá; eu ainda não li nada do autor mas tenho muita curiosidade para ler a série O mochileiro das galáxias, parece divertida, e gosto de trama que envolvam o espaço.

Responder
avatar
5 de outubro de 2015 18:16

Augusto, ainda não li nada do Douglas Adams, mas recentemente ganhei a série do mochileiro das galáxias e espero ler e gostar porque muita gente fala bem da série assim como você.
Não é bem meu estilo, mas espero gostar.

Lisossomos

Responder