quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Artigos Relacionados × +

Entre 3 mundos - um livro de Lavínia Rocha

Há algum tempo eu anuncie aqui o Projeto Plena, onde visamos apresentar aos leitores do blog aos autores e obras nacionais. Hoje trago pra vocês um livro que li dentro do projeto. Não vai ser um 'resenha', talvez um pouco mais de que isso. No meu texto hoje quero expressar o quanto me envolvi com a história e seus personagens e como a autora conseguiu me tocar. 

O obra 'Entre 3 Mundos' foi escrita por Lavínia Rocha e publicado pela D'Plácido Editora. A escrita da autora carrega uma suavidade cativante, é como se a cada paragrafo o nosso convite para leitura fosse renovado. Os personagens foram muito bem construídos, em personalidade e sentimentos. A mistura entre realidade e magia foi muito bem dosada e criativamente elaborada. Embora dentro da história encontremos um mistério a leveza de Lavínia nos nos faz sufocar, pelo contrario, é como se caminhássemos com os personagens através de suas aventuras e descobertas. 

Há algumas décadas, o Brasil vivia intensos conflitos entre pessoas normais e pessoas com dons extraordinários. Visando a paz no país, as autoridades o dividiram em dois territórios – o do Norte e o do Sul – e assinaram um contrato proibindo a migração de uma região para a outra.Alisa é de uma família do Norte, mas foi identificada como pertencente ao Sul e precisa esconder a verdade de ambos os mundos. Além de quebrar o contrato toda semana para visitar seus pais, Alisa enfrenta problemas comuns da adolescência: acha seu próprio nome bizarro, gosta do cara errado e é a única pessoa que não percebe o quanto seu melhor amigo é apaixonado por ela.A vida de Lisa (como prefere ser chamada) se transforma completamente com um grande acontecimento no colégio e, agora, ela se vê diante de um desafio envolvido pela descoberta do amor e da sua verdadeira identidade
Alisa, nossa protagonista, tem de enfrentar desde muito cedo o desafio de encarar bruscas mudanças e testes. Ela vive num mundo, que embora se parece com o nosso, tem suas especificidades. Acredita-se que existam três mundos, um magico, um meio magico e um 'normal'. O mundo mágico fica, a principio, inacessível as pessoas dos outros mundos. Houveram tempos de grandes conflitos entre o mundo dos meio mágicos e dos não mágicos que culminou num tratado, onde os países foram divididos em Norte e Sul.

Os nortistas eram os não mágicos e cultivavam a crença de que os sulistas se relacionavam com magia das trevas e que eram muito perigosos. Já os sulistas mantinham seus estudos sobre magia e a cultuavam sem interferências malignas, eram apenas pessoas com dons - e não criaturas das trevas como os vizinhos de cima pensavam. A maneira deles, Norte e Sul conseguia coexistir em paz sem que ninguém desejava desrespeitar o tratado (que me lembra o Apartheid ou o Muro de Berlim), embora que pra eles essa separação fosse talvez a maneira mais segura de seguir- no passado não mágicos chegaram a perseguir os mágicos e matar seus bebês. Alisa vivia no Sul quando recebeu, aos seis anos, a visita da diretora de um colégio Sulista que afirmava que ela possuía o dom da magia- e que assim passava a pertencer ao Sul.

Mudar toda sua vida, ser lançada em um 'mundo' novo não foi fácil. Ela teve de se afastar de sua família, mas felizmente conseguia vê-los aos fins de semana, nos demais vivia uma vida consideravelmente normal de estudante. No mundo dos meio-mágicos eles estudam numa escola e quando chegam na idade/ano escolar certo recebem um livro que conta a história de um personagem que se relaciona com seus dons. Cada aluno recebe um livro assim numa cerimonia quando chegam ao 1° ano do ensino médio. Porém mais uma grande mudança se anuncia na vida de Alisa no evento. Algo acontece ao seu livro e ele precisa partir em busca de resposta- e no descobrimento de seu dom.

Na escola de Alisa ela tem bons amigos que a ajudaram na missão de descobrir-se. Eles são: Dan, Sol, Marco e Nina. Gostei muito de todos eles, especialmente da Sol (ela é perfeita). Cada um deles tem um dom especial- que conhecem na cerimônia- Dan tem uma mente habilidosa, é como se ele pensasse com seis cérebros, é interessante porque ele já era um Nerd antes. Sol cria ilusões, ideais pra confundir o inimigo durante uma luta- ou fugir de uma pessoa inconveniente.Marco enxerga as ondas de som, assim pode perceber situações que ocorrem a distancia e evitar se meter em problemas. Nina manipula a água e o fogo. Já a Alisa... vocês vão ter de ler pra descobrir. Tem uma postagem aqui no blog sobre cada personagem da história, podem acessá-la clicando aqui.

Dan e Alisa são melhores amigos, e têm uma brincadeira muito boba (e fofa) que fazia com que jorrassem arcoíres dos meus olhos, por isso não posso deixar de comentar.
"_ A gente se vê no almoço, tá?_ ele disse, e eu concordei, fingindo estar brava. _ Não fica com raiva!- Dan riu, apertando minhas bochechas em um biquinho._Fala!_ mandou. Tínhamos várias bobagens, e essa talvez fosse a maior e a mais antiga delas. Não me lembro de quando havia começado, mas Dan adorava me ver falando "peixinho marrom" com as bochechas apertadas._ Alisa Febrero, fala logo."
Tendo-se um minimo de sensibilidade, pelo menos, é impossível não achar a cena fofa no livro. Mais dificil ainda e não shippar (torcer pros dois ficarem juntos). Mais ai é que tá, dentro dessa perspectiva há também reflexões sobre relacionamentos e amizades bem interessantes. Foi por esse ponto que mais me identifiquei com a obra, eu considera a amizade uma das coisas mais importantes que existem. Pude assim compreender um pouco mais dos pensamentos dos personagens e desenvolver empatia e muito carinho por eles. 

Embora eu não goste de histórias de amor, a presença das situações de conflito, duvidas e descobertas relacionadas a esse sentimento que me envolveram, me fizeram gostar ainda mais do livro- e ele vai além, não apresenta só o amor romântico, mas nos fala do amor da família e dos amigos. O amor não seria o foco da história, mas a descoberta de si próprio é algo fortemente presente. Enquanto Alisa tenta compreender sua história e seus poderes ela aprende muito sobre a vida, a amizade e a perseverança e essas são lições valiosas que ficam para o leitor. Tudo isso além de ser uma leitura que flui bem, que nos abraça em palavras e nos conduz com leveza e encantamento.

Indico "Entre 3 Mundos' pra todas as pessoas, sejam jovens ou senhores e senhoras, sejam apaixonados ou retraídos, graduados ou estudantes. Todos precisam conhecer a obra e sua autora. O livro esta absolutamente recomendado, inclusive para os professores de Português é literatura do fundamental 2 e do ensino médio. A leitura do livro pode acrescentar muito em ensinamentos de vida aos alunos, além de ser uma ótima maneira de trabalhar o gosto pela leitura- o livro é excelente.



Confira também a entrevista com a autora clicando aqui.

Você irá gostar

Entre 3 mundos - um livro de Lavínia Rocha
4/ 5
Oleh

11 comentários

Escrever comentários
avatar
18 de fevereiro de 2016 19:15

Obrigada por tanto carinho, Augusto! AMEI a resenha!! Estou muito feliz! <3

Responder
avatar
18 de fevereiro de 2016 21:59

Mas porque quem mora no sul tem essa parada maligna? Não gostei de saber disso HASUAHUSAHUSHAS
Me lembrou as distopias americanas onde as mocinhas precisam defender o que elas acham ser certo, eu gostaria de ler o livro apenas por curiosidade mesmo.

Ps: parabéns pelo projeto.

Beijinhos, Helana ♥
In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

Responder
avatar
19 de fevereiro de 2016 05:43

Oi Augusto, tudo bem
Esse livro lembra um pouco do Harry Potter, mas como sou fã número um, isso só me atraiu para a leitura. Realmente, concordo com você, o relacionamento deles parece ser muito fofo, deve ser muito gostoso acompanhar os dois descobrindo um novo sentimento entre eles. Mas acho lindo também quando os livros falam de amizade, aquela verdadeira. Não conhecia o livro, mas agora não vejo a hora de ler. Adorei sua resenha, você me envolveu nos sentimentos que o livro despertou em você.
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Responder
avatar
19 de fevereiro de 2016 07:54

Olá,

adorei sua resenha, parece ser uma leitura leve. Essa obra parece se assemelhar com Harry Potter. Acho muito legal os livros falando de amizade, isso é algo importante e válido no mundo de hoje. Sentimentos envolvidos na resenha. www.sagaliteraria.com.br

Responder
avatar
19 de fevereiro de 2016 09:47

Olá, tudo bom? Não conhecia a autora nem a obra mas a leve semelhança com Harry Potter chamou muito minha atenção. Sua resenha já me deixou extremamente curiosa pois os sentimentos que o livro te transpassou foram transpassados para nós, leitores de seu blog. Gostei muito de saber que a temática amizade foi desenvolvida desse livro. Enfim, parabéns pela resenha!

Beijos!
Entre Livros e Personagens

Responder
avatar
19 de fevereiro de 2016 11:14

Acho importantíssimo esses projetos com autores nacionais. Temos muitos talentos que não são conhecidos por falta de oportunidades. Adorei sua resenha! O livro parece ser muito bom.

http://viajandoentrecitacoes.blogspot.com.br//

Responder
avatar
19 de fevereiro de 2016 13:24

Eu conheço a editora, mas não sabia da existência do livro. Também estou divulgando nacionais lá no blog, mas não os procuro para fazer parceria, compro os livros, até pq alguns autores são mais difíceis, também primei por aqueles que são menos visto, isso comprovado por pesquisa da UNB, índios e negros, além de mulheres. Quanto ao livro, achei bem interessante a junção dos três mundos, por alguma razão, muito doida, lembrei de quando estudávamos conjunto em matemática na antiga 5ª série e fazíamos aqueles três círculos que se encontravam. Agora, acho que não é um livro que usaria no Ensino Médio, certamente no fundamental 2 e a depender da turma.

Responder
avatar
19 de fevereiro de 2016 17:51

Olá Augusto!

Em primeiro lugar, parabéns pelo Projeto! Temos muitos talentos nacionais perdendo espaço no mundo literário e tais projetos tonam-se grande divulgadores! Não conhecia esse livro, mas fiquei bem interessada em lê-lo, principalmente por permitir reflexões sobre a vida e o viver. Lerei assim que possível!
Parabéns pela Resenha!

Bjs
www.livrosdabeta.blogspot.com.br

Responder
avatar
23 de fevereiro de 2016 13:19

Oi Augusto!
Não conhecia o livro mas fiquei encantada com o enredo!
Adoro livros assim e e esse já está na wishlist.
Bjs!
Quem Lê, Sabe Porquê

Responder
avatar
23 de fevereiro de 2016 13:21

Oi!
Não conhecia esse livro mas fiquei encantada com o enredo e já quero muito ler! Adoro história assim e essa com certeza vai para a wishlist.
Bjs!

Responder
avatar
25 de fevereiro de 2016 15:02

Interessante o livro... gosto quando o livro é bom assim, mexe com o leitor..
vou indicá-lo e dar uma olhada em ebook!
bjss
umavidaliteraria1.blogspot.com.br

Responder