terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Artigos Relacionados × +

Comentando um Conto: O outro Mundo de Henrique ( Carlos Patrício)




Nunca achei que fosse fácil escrever um conto. Penso que a facilidade do conto está na limitação da sua dimensão, não precisa se estender, não é cansativo, entretanto a dificuldade no conto é justamente sua limitação. O conto precisa ser eficiente dentro do espaço que lhe é reservado. Precisa ser satisfatório em conteúdo e atrativo à curiosidade. Não pode se atropelar. Deve ser auto-suficiente. Assim, escrever um conto não é tarefa fácil.

Cada estilo literário tem suas características, pontos fortes e fracos. O autor treinado saberá fazer o melhor uso das palavras dentro do gênero que escreve, reconheça ainda seu leitor (é preciso haver uma ligação entre o autor e o leitor, por mais que numa perspectiva física ambos nunca se encontrem, especialmente pelo fato claro de que o livro tem de primeiro ser escrito para depois ser divulgado). Então, para cada um de nós que almeja o titulo de Autor Reconhecido, aumentar esse dialogo é imprescindível. Vamos melhorar nosso trabalho com dedicação, não apenas com tempo.
Gosto da sensação que o conto me trás, da certeza que a trama se resolverá logo e terei meu orgasmo literário rápido e valoroso. Ah, mas é claro não é qualquer um que pode fazer um bom conto, e contos ruins só causam aborrecimento ao leitor.


Pude ler um conto hoje que me fez viajar, isso é muito bom. Sou amante da fantasia, devoro metáforas no café da manhã e sempre que posso fujo pra um universo diferente. Carlos Patrício nos apresenta em seu livro Delirium, momentos de reflexão, dialogo e devaneios. É propriamente um delicioso delírio literário. O conto "O outro Mundo de Henrique" me tocou de diversas maneiras, porque acima de tudo o Outro Mundo é algo que sempre esteve entre meus anseios. Henrique, nosso curioso protagonista, cansado da mesmice do dia a dia adentra nesse espaço de criaturas fantásticas ( e devo confessar que me imaginei desenhando algumas delas, especialmente o Tigre de longo pescoço). Enfrenta grandes desafios e mergulha na sua luta por uma vida menos estéril. O livro de um modo geral é riquíssimo em ilustração e conteúdo. Vale a pena ler todos seus contos e mergulhar de cabeça em cada um deles.


Você irá gostar

Comentando um Conto: O outro Mundo de Henrique ( Carlos Patrício)
4/ 5
Oleh

1 comentários:

Escrever comentários
avatar
7 de janeiro de 2015 10:31

Olá!
Adorei a recomendação, Augusto!
Ainda não conhecia, mas já anotei... Fiquei curiosa com seus comentários e elogios!!!

Grande beijo!
http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

Responder