quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Artigos Relacionados × +

Pichitinho ( Harry Potter)

A aparição das corujas nas literaturas sobre magia já é muito antiga e conhecida. Muitas vezes ligada à ideia a sabedoria e mistério e com um carinho especial por parte dos pedagogos e professores, as corujas são os animais, juntamente dos gatos, que estariam mais associados aos bruxos e bruxas.  Essas aves, com suas mais diversas especies, são cheias de graça e hábitos diferentes que povoam nossa imaginação. Em Harry Potter podemos ver muitas dessas corujas que desempenham um papel importantíssimo no correio dos bruxos. Grandes e pequenas, rápidas ou desastradas, fieis e cheias de personalidade. Uma dessas corujas de aparição discreta até demais no filmes é o Pichinho, a diminuta coruja do Rony Weasley. 

No livro Harry Potter e o Cálice de Fogo Pichitinho, uma coruja mínima é dada a Rony Weasley pela sua família para substituir Perebas. Porem embora Pichitinho tenha aparecido em uma imagem promocional do Filme e tenha sido filmado em uma cena na plataforma 9 ¾ que foi retirada da montagem final de Harry Potter e a Ordem da Fênix, sua estreia na tela aconteceu em Harry Potter e o enigma do Príncipe, onde ele pode ser visto empoleirado em uma cadeira no salão comunal da Grifinória. Pichitinho foi interpretado por Mars, uma coruja-otus, considerada uma das menores espécies.



Pichitinho
Aparição em filme: Harry Potter e o enigma do Príncipe;
Localização: Salão Comunal da Grifinoria, Hogwarts;
Dono: Rony Weasley;
Animal Ator: Mars
Descrição do livro Harry Potter e o Cálice de Fogo: “Ai!”, disse Harry quando o que parecia uma bola de tênis pequena, cinza e emplumada acertou a lateral da cabeça dele.



Informações retiradas do livro " O livro das Criaturas de Harry Potter"


Curiosidades sobre Corujas:

Corujas, caburés e mochos são aves peculiares que lembram a face humana devido aos seus grandes olhos voltados para frente. Talvez por isso, na antiga Grécia as corujas eram associadas à sabedoria. No entanto, devido aos seus hábitos noturnos e vocalizações típicas, estas aves também têm sido associadas à má sorte e a maus agouros. Apesar das pessoas acreditarem que todas as corujas são noturnas, isso não é totalmente verdade. Há algumas exceções, como a coruja buraqueira (Athene cunicularia) e o caburé (Glaucidium brasilianum), as quais podem ser ativas durante o dia, mas também utilizam horas crepusculares no crepúsculo e a noite. Leia mais nesse documento em pdf . 


                     

Você irá gostar

Pichitinho ( Harry Potter)
4/ 5
Oleh

2 comentários

Escrever comentários
avatar
18 de fevereiro de 2015 18:56

Amando essas postagens sobre Harry Potter <3

http://agarotasecreta14.blogspot.com.br/

Responder
avatar
19 de fevereiro de 2015 16:52

Que bom poder matar saudade dos livros e das corujas. Eu sempre estive atrás de um pingente de coruja para correntinha, mas nunca encontro por um preço aceitável hehe

Leitores Forever

Responder