sexta-feira, 17 de abril de 2015

Artigos Relacionados × +

Entrevista com o autor: Samuel Medina

Depois de ir de encontro à obra senti aquela vontade de saber um pouco mais sobre o autor pro trás dela. Julgo isso importante, sobretudo para entendermos um pouco mais o ser humano que criou o universo em que ingressamos tão intensamente, saber um pouco das motivações e sentimentos da pessoa que trouxe para nos um mundo novo e a uma outra vida que temos quando lemos. Assim sendo contactei o autor Samuel Medina para um pequena entrevista, espero que apreciem e busquem por seu livros tão fascinantes. 


Fale-nos um pouco de você, quem é a pessoa Samuel Medina?

S.M: Não há muito o que falar sobre Samuel Medina. Comecei a escrever aos nove anos, motivado pelas leituras da Série Vaga Lume e também pela obra de Monteiro Lobato. Desde então, tenho sempre sonhado com mundos maravilhosos, onde coisas incríveis acontecem.

---
O que o move, inspira e diverte?

S.M: Minha inspiração está em tudo aquilo que pode nos tocar. Uma boa história, seja em livro, quadrinho ou filme, uma boa música.

---
Qual sua formação?

S.M: Sou formado em Letras.

---
Como se da à relação entre você e a literatura? 

S.M: Eu vivo de literatura.

---
Quais são seus livros publicados?

S.M: Patos Selvagens, O medalhão e a Adaga, Entrelinhas 2, Quimeras, Névoa e Mentes Inquietas.

---
Que elementos você considera importante na construção de um personagem? 

S.M: Espero apenas que a personagem seja verossímil.

---
Quais são os livros que inspiram sua vida? Recomende-nos alguns.

S.M: Indico os livros do Mia Couto, os do Jorge Luis Borges. Também gosto muito de um escritor atual chamado Walter Tierno.

---
O que significa para você esse efeito mágico que a leitura causa nas pessoas, especialmente nas crianças e nos adultos sonhadores?

S.M: Acho que o livro é um objeto que esconde um enorme poder. Tem a capacidade de nos transformar, de nos fazer sentir o que nunca sentimos antes, aproximando-nos do outro.

---
Como você enxerga o crescente interesse pela literatura nacional por parte dos jovens?

S.M: Acredito que a literatura nacional está florescendo, passando por uma fase de reavivamento. Porém, num país em que 70% da população não leu um livro sequer em 2014. Além disso, percebe-se que essa expansão da literatura acontece mais no aspecto mercadológico que propriamente literário.Isso se dá pela visão tecnicista de nosso ensino. Precisamos humanizar nossa literatura.

----
ATENÇÃO leitores, estamos sorteando um dos livros do autor, saiba mais clicando aqui

Você irá gostar

Entrevista com o autor: Samuel Medina
4/ 5
Oleh

12 comentários

Escrever comentários
avatar
18 de abril de 2015 11:14

Que bela entrevista. Concordo com a resposta final, sobre o ensino behaviorista e que em nada ajuda no processo de leitura e escrita. Bom, se o autor é formado e Letras, é bem possível que ele viva de literatura literalmente...
Não conheço a obra do autor, ainda não li nada, mas já cativou pela entrevista. Gostaria muito de elr os livros dele.
http://www.poesianaalma.com.br/

Responder
avatar
18 de abril de 2015 14:18

Oi, tudo bem?
Eu gosto bastante de entrevistas, pois assim podemos conhecer um pouco o autor e entender melhor a obra dele, né? Eu não conheço o livro do autor, mas lembro dele ter sido super simpático e me mandado um marcador autografado, o mesmo está guardado com muito carinho *-* Enfim, gostei muito da entrevista, as suas perguntas foram ótimas e as respostas do autor também.

Beijos :*
Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

Responder
avatar
18 de abril de 2015 19:29

Olá Júnior! Conhecendo o teu blog agora. Saudações pelo trabalho. Gostei do que você falou no início da entrevista. Conhecer o pensamento do autor é uma das artes principais de uma leitura. a gente fica mais próximo do que ele escreve.

E por falar na entrevista adorei a conversa. Principalmente as sugestões de leitura do autor. Mia Couto é demais!

Sucesso com teu blog!
Abraço!

Vanessa Vieira
Pensamentos Valem Ouro

Responder
avatar
18 de abril de 2015 20:17

Olá!
Não lembro de já ter lido algo sobre este autor, então até o momento ele era um tanto quanto desconhecido para mim.
Gostei da entrevista, suas perguntas e as respostas do Samuel foram muito úteis para que eu pudesse conhecê-lo melhor.
Com certeza a partir de agora ficarei atenta à notícias relacionadas com suas obras :D

bjs

Responder
avatar
19 de abril de 2015 02:13

Oi Augusto, tudo bem?
Sempre fico com essa curiosidade sobre o autor após ler algum livro, principalmente quando gosto.
Gostei muito da entrevista e saber um pouco mais do autor, e super concordo com ele sobre o poder do livro.
Bjs

A. Libri

Responder
avatar
19 de abril de 2015 20:25

Monteiro Lobato e a série Vaga Lume fizeram parte de muitas infâncias, a minha inclusive. Ele teve uma boa base, o que reflete para seus textos que espero conhecer em breve.
Bjs Rose

Responder
avatar
20 de abril de 2015 10:39

Hey, tudo bem?

Nossa, me lembro quando tinha 9 anos também lia muito a Série Vaga Lume, acho que toda criança já se deliciou com aquelas histórias e boa parte das mesmas teve sua imaginação aguçada dessa maneira. Não conheço o autor, mas espero ter essa oportunidade.

Beijos,
Dois Dedos de Prosa

Responder
avatar
20 de abril de 2015 15:11

Oi Augusto, não conheço o autor e nem a sua obra.
Mas pela entrevista achei ele um cara bem legal e atencioso, achei super interessante ver alguém que vive de literatura no Brasil, isso não é algo muito comum, né? Beijos

Responder
avatar
20 de abril de 2015 23:40

Oi, tudo bem?
não conhecia o autor, então adorei saber um pouquinho sobre ele.
"eu vivo de literatura"! Nossa, amei essa frase, ela realmente mostrou o quanto a literatura é importante na vida do autor. E também, não devia ser de outro jeito, afinal, ele escreve desde os 9 anos, rs
beijos
http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

Responder
avatar
22 de abril de 2015 13:27

Ola Augusto ótima entrevista , a Série Vaga lume marcou muitos leitores , adorei saber que o autor também a lia, são poucos autores que vivem somente da Literatura. Muito sucesso ao autor. abraços

Joyce
www.livrosencantos.com

Responder
avatar
23 de abril de 2015 23:30

Olááá
Não conhecia o autor mas a entrevista ficou bem legal e é muito saber mais sobre ele e a obra, adorei o post haha

http://realityofbooks.blogspot.com.br/
Catharina
Beijos

Responder
avatar
28 de abril de 2015 17:18

Ei Augusto, este autor é novidade p mim, adorei as respostas dele e concordo com vc qd diz q temos q conhecer mais sobre as pessoas q criaram o universo do livro q amamos ler né?
Bjos!
Aline Praça
www.leituravipblog.com

Responder