segunda-feira, 20 de julho de 2015

Artigos Relacionados × +

Dia do Amigo: A amizade na Ficção

A amizade está entre as relações mais preciosas dos seres, envolve princípios, regras de tratamento, cumplicidade e bons sentimentos. Ouvi uma canção que dizia que amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves, mas penso diferente: amigo é coisa pra se ter ao lado, andar de mãos dadas, vencer batalhas juntos. É preciso acrescentar que a amizade deve ser cultivada, bem cuidada, para assim se manter. A frase da Raposa“ é o tempo que você dedica a rua rosa que a torna tão importante” vale aqui, é o tempo que nos dedicamos em zelar pelas nossas amizades que as sustenta e faz crescer. 

Como hoje é dia do Amigo falaremos sobre algumas amizades do universo literário e cinematográfico. Na literatura e no cinema temos exemplos de grandes amizades que marcaram gerações de leitores/espectadores. Se pensarmos em determinados personagens sem seus amigos veremos que a historia não faria sentido sem eles e que eles foram indispensáveis para o sucesso do protagonista. Vejamos algumas dessas amizades: 

Frodo e Sam:  Sabemos que sem o “poder da amizade” Frodo teria sucumbido ao poder do anel e tudo estaria perdido. Em vários momentos da historia ele foi salvo pelo seu amigo ( que teve de enfrentar todo tipo de adversidade, inclusive a burrice do Frodo em certos momentos). Uma amizade dessas tem valor demais, não conheço ninguém que enfrentaria o Smeargle, um bando de Orcs ou uma aranha gigante por mim... ( e no final das contas falam que o Um Anel que é o Precioso). 



Harry Potter, Hermione e Rony; Não da pra imaginar o Harry sem seus amigos ( que também tiveram de enfrentar todo tipo de adversidade para estar com ele; inclusive resistir as seus ataques de pelanca, seus momentos de pirraça e seus gritos estridentes- leia Harry Potter e A Ordem da Fênix). Aturar o Harry não é coisa fácil, o carinha nos livros é extremamente histérico, chato pra caramba! Mas que bom que a amizade conseguiu superar as fases mais difíceis, porque sem Hermione e Rony o “Santo Potter” não chegaria a lugar algum. 



Bilbo Bolseiro (Hobbit) e os Anões: não é bem uma historia de amizade ( eles tem um contrato de trabalho). Mas nosso pequeno Bilbo tem um enorme coração e mostra isso aos anões do seu jeito. Seu empenho e nobreza para com eles deixa claro que á um sentimento de amizade se desenvolvendo ao longo da historia. E uma amizade forte, verdadeira e zelosa. 



Arthur Dent e Ford Prefect( Guia do Mochileiro das Galáxias): Essa amizade é muito importante, a principio porque não passaríamos da introdução do livro 1 da serie se Ford Prefect não salvasse Arthur da destruição do planeta Terra. Sendo Arthur um humano viajando no espaço sem ter a menor noção do que o aguardava lá, seu único porto seguro de alguma forma é seu amigo alienígena. Nosso protagonista não teria chance alguma de enfrentar as loucuras do espaço sozinho (carece-lhe conhecimento e esperteza). Eles se unem também a Trillian, Zaphod e ao Marvin (o robô maníaco-depressivo mais interessante que encontrei no universo literário).



Percy Jackson e Groover: Os dois tem conexão empática, assim seus sentimentos estão conectados. Essa ligação pode se muito útil, mas também perigosa. Entende-se que se um sofre o outro também sofre, se um morrer o outro provavelmente também morrerá. 



Kirk e Spock ( Star Trek): Há 42 anos, o mundo conheceu a Nave Estelar Enterprise, e começou a admirar a impagável relação entre o seu Comandante, o intrépido e intuitivo humano James Tiberius Kirk, e seu Oficial de Ciências, o racional e lógico vulcano Sr. Spock, com suas orelhas pontudas. Este último, nada surpreendente que fosse racional e lógico, afinal as duas virtudes estão no sangue de quem nasce em Volcano, e na educação que recebem, na doutrina que é seguida por todos. O que deixava a personalidade de nosso Spock mais fascinante é que ele tinha um pezinho na África, digo, na Terra: seu pai Sarek encantou-se com uma professora terráquea. Então, o interracial estelar Spock vivia em batalhas internas para tentar entender como pensava seu capitão, que fazia às vezes coisas contrárias à boa norma lógica e era bem sucedido. Spock pensava nas probabilidades, Kirk contava com a sorte. Os papos entre os dois personagens eram sempre pontilhados de ironias em que as diferenças entre humanos e vulcanos apareciam. E aos poucos, Spock foi aceitando Kirk como um amigo, coisa impensável se ele fosse um puro-sangue: em seu planeta natal, a amizade era um sentimento irracional.



Por algum motivo os grandes “clássicos” valorizam muito as amizades. De alguma maneira deixam mensagens importantes para os leitores. Um recado para cultivar e respeitar nossas amizades e um aviso para os individualistas. Há momentos de nossa vida que precisamos seguir sozinhos e vamos longe assim, mas há tantos outros momentos que é mais fácil ou somente possível se estivermos com que possa nos estender a mão. Temos também amizades assim em Maze Runner, Instrumentos Mortais, Jogos Vorazes (sim, sem o Cinna, Haymitch e Effie a Katniss estaria lascada) e vários outros. Até Pokémon entra nessa, imagina o Ash se virando sozinho no mundo? Não ia rolar não. Ele sempre está rodeado de amigos (humanos e pokemons) que são essenciais para que ele siga em frente, supere os conflitos internos e se desenvolva como treinador Pokémon. Diversos outros desenhos/animes valorizam as amizades: Digimon; Três Espiãs Demais; Hora de Aventura; Naruto; One Piece; Hunter X Hunter; Fairy tail, etc. 



Amizades renderam também muito aos seriados (e aqui podemos dar um exemplo fácil e claro: f.r.i.e.n.d.s). Tantos seriados foram produzidos sobre duplas de amigos ou grupos, aproveitando-se para mostrar sujeitos com personalidades distintas. A comédia fez bom proveito disso. Lembram-se de Sexy end The City? Neste seriado( tem seriado gente, não é só filme) vemos quatro mulheres distintas em comportamento, mas que mantém uma amizade verdadeira ao longo dos anos, passando por momentos de alegria e descontração e também de conflito, ausência e resgate. Em Supernatural temos também a amizade sobre-humana de Castiel e Jean (a ponto de ter gente shippando os personagens). E quem poderia esquecer dos amigos divertidos e bobos que se unem para ajudar um amigo viúvo a cuidar de suas filhas em Três é Demais? 

Há amizades em todas as formas, entre todos os tipos de criaturas, o importante é sempre curtir o máximo e cuidar também. Não daria para listar todos os livros/series/filmes/desenhos/animes/mangás que destacam a importância da amizade, mas deixamos esse recado: Os amigos estarão lá para os momentos bons e ruins, saibam valorizá-los.

Você irá gostar

Dia do Amigo: A amizade na Ficção
4/ 5
Oleh

2 comentários

Escrever comentários
avatar
20 de julho de 2015 10:52

Heey!
Caramba, adorei o post!! Nem sei dizer que qual desses eu gosto mais <3
Abraços!
Blog - Desbravando o Infinito

Responder
avatar
26 de julho de 2015 13:54

Amigos são nada mais nada menos que nosso maior tesouro. Sempre cultivo minhas amizades, e posso afirmar que tenho poucos amigos verdadeiros, mas os que tenho são os melhores, como você Augusto. ♥ Abraços.

Responder