terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Artigos Relacionados × +

Casa dos sonhos, Casa de Sonhos

"Era uma casa muito engraçada
Não tinha teto, não tinha nada"


Vejo muita gente falando do sonho de ter a "casa própria", certamente esse é um dos meus sonhos. Sei que tenho muito que fazer antes de decidir ter a minha casa, antes de mudar o convívio com os familiares.

Uma coisa que me incomoda muito é a questão de Lar X Casa. Vejo um conflito enorme de idéias entre esses dois. Uma casa pode ser um lar, mas também pode não ser. Eu nunca tive a casa dos meus pais como lar. Vou citar algo bíblico "é melhor comer pão seco e beber água numa casa com paz do que comer o melhor banquete nunca casa de brigas e intrigas".  Conheço muitas pessoas que sofrem a mesma confusão, não sabem onde é o lar delas. Famílias conflituosas tendem a causar esse mal a seus filhos, imagino e não posso afirmar que isso aflija ainda mais filhos de pais separados. Será que têm duas casas, dois lares, só um lar ou lar nenhum? Já visitei muitos casebres quando fazia estágio nas Comunidades em Belo Horizonte, também fui em apartamentos e casa de gente que tem uma condição social muito acima da minha. Tanto nos casas mais pobres quanto nas mais ricas eu vejo pessoas felizes ou tristes, não é o dinheiro que forma o lar e a felicidade. Há quem seja feliz na favela com o pouco que têm, mas também há quem seja rico e infeliz numa mansão. Claro também há infelizes nas casas simples e felizes nas casas luxuosas. No final da conta são as pessoas e as suas relações qu definem o que é apenas uma casa e o que é um lar.

Quando somos jovens queremos ter logo dezoito anos no anseio de alcançar a liberdade. Por inúmeras vezes ouvimos nossos pais dizerem "enquanto você morar sob nosso teto terá de seguir nossas ordens". Isso é aborrecedor, obedecemos por respeito ou medo de não ter onde morar? Talvez dependa muito da pessoa e da historia de sua família. Espero que quando eu vier a ter um filho eu me lembre de não fazer uma ameaça tão tola e covarde. Quando a idade chega queremos logo a nossa casa, nosso espaço. Idealizamos bobagens divertidas como "quando tiver minha casa vou ser o Rei de lá" ou " quando tiver minha casa só vou andar pelado nela". Uma pena que não surja um casa mágica pra nós no décimo oitavo aniversario! Ou batalhamos pra conseguir uma ou ficamos encalhados na casa dos pais.

Quero ter uma casa onde eu possa colocar quadros, criar um cachorro e talvez um gato. Onde possa cultiva meu jardim de girassóis e admirar as abelhas beijando as flores. Quero uma casa sem gritos, com paredes de cores claras e sem cheiro de fumaça. Com um piso que faça um barulho gostoso quando meu filho estiver correndo. Quero que a chuva não entre, mas toque sua melodia boa pra dormir. Quero um caixinha de correio que se pareça uma miniatura de casa e que pareça sorrir para o carteiro. Se um dia vou ter algo assim, não sei. Talvez bastasse uma casa simples, com goteiras, sem espaço para um jardim desde que eu pudesse chamar de lar e que não houvesse gritos ali. Questiono-me se um lugar inundado de gritos pode ser chamado de lar. A agressividade e negatividade dos gritos devem rachar as paredes ou algo assim, pra mim não serve.

Quando me perguntam onde estou não gosto de dizer "na minha casa", não considero as coisas assim, ou estou na "casa dos meus pais" ou na "casa da minha irmã", eu não tenho casa alguma. Não me pertencem e não consigo definir se podem ser um lar para mim.

Acho que a casa deve refletir seus moradores, qualquer coisa diferente disso é problemática. Então posso pensar uma casa que me reflita, precisa ter base forte, cores claras, transmitir paz e amor, abrir sorrisos e ser acima de tudo acolhedora. Deve haver uma biblioteca, afinal amo livros e tenho muitos. Não pode ser séria demais, deve deixar claro que a criança que habita em mim nunca morreu. Ah também precisa ter voz de criança, sem isso nunca vai estar completa.

E você, leitor, já encontrou sua casa e/ou seu lar? Como você idealiza que devam ser? 

Você irá gostar

Casa dos sonhos, Casa de Sonhos
4/ 5
Oleh

1 comentários:

Escrever comentários
avatar
25 de janeiro de 2015 22:54

amei kkk
ja estou seguindo o blog
beijos
livro-azul.blogspot.com.br

Responder