sábado, 26 de março de 2016

Artigos Relacionados × +

TAG Sete Poções

A TAG foi criada aqui no blog Abóbora Nerd. É inspirada no mundo da Magia de Harry Potter e na representatividade que o número 7 possui. Os livros aqui serão julgados pela sinopse, pelo enredo e pela capa, que é, de fato, a ‘carta’ de apresentação das obras. É notável que as aulas de poções em Hogwarts ficam muito mais interessantes com a chegada do professor Slughorn, mesmo que o Professor Snape tenha presidido as aulas em todos os livros/filmes anteriores à Harry Potter e o Enigma do Príncipe. Embora Slug seja vaidoso e um tanto ganancioso não nego que ele parece ser mesmo um mestre em poções, assim a maior parte das poções que escolhi na TAG aparecem no mesmo livro/filme que ele. 

Poção do Amor “Amortentia”: Cria uma paixão obsessiva. 
Não existe uma poção que crie verdadeiro amor, mas apenas uma poderosa obsessão. Os efeitos da poção passam com o tempo, mas podem ser reestabelecidos ao beber mais poção. A poção do amor fica mais forte quanto maior for a separação de tempo entre fazer a poção e beber a poção. A duração dos efeitos de uma poção do amor variam dependendo do peso de quem bebe, e do poder de atração de quem administrou a poção. Quando uma pessoa bebe um antídoto para poção do amor, ou os efeitos passam, ela continua se lembrando de tudo que aconteceu enquanto estava encantada. 
Escolhi para representar essa poção o livro Rainhas. Sua capa transmite, tal qual seu enredo, muita força, poder e uma certa vaidade. Acho que casa bem com a ideia da amortentia, embora no caso da Rainhas eu acredite que o amor vá ser verdadeiro.

Na ficção, temos a vingativa e astuta Cersei de As Crônicas de Gelo e Fogo, A Guerra dos Tronos do George R. R. Martin. Ainda no mundo de Westeros temos a mãe dos dragões Daenarys Targaryen, outro exemplo é a imortal e poderosa Akasha de A Rainha dos Condenados de Anne Rice. Também temos exemplos nos seriados, a vilã e problemática Rainha Má, Regina de Once Upon a Time da ABC. Pertencente ao gênero infantil há tantas, porém a mais recente e facilmente lembrada é a congelante Elsa da animação Frozen.


Uma coisa é fato: reais ou fictícias as rainhas têm sua graça ou crueldade a flor da pele.
Poção Polissuco: Transformou seu gosto pela leitura.

Usada em Harry Potter e A pedra Filosofal, Harry Potter e O Cálice de Fogo e em Harry Potter e as Relíquias da Morte. 
Poção bastante complexa e não permitida pelo ministério. Serve para transformar uma pessoa em outra, necessitando de algo da pessoa que se pretende transformar, como cabelo. Seu efeito é temporário e dura apenas uma hora. Não deve ser usada para assumir uma forma animal. Quando isso ocorre, é preciso assistência médica para que a pessoa volte ao normal.
Sendo uma poção transformadora e complexa vou trazer a coleção Crônicas Saxonicas, de Bernard Cornwell para representa-la. Quando eu adquiri o livro comprei o box por te-lo achado bonito, mas não fazia ideia do quanto viria a gostar da literatura de Cornwell (e hoje tenho três coleções do autor: Crônicas Saxônicas, As Crônicas de Artur e A Busca do Graal). 

Nesta série histórica, Bernard Cornwell reconstrói a saga do monarca Alfredo pelos olhos do órfão Uthred, que aos 9 anos se tornou escravo dos guerreiros no Norte. Uma história de lealdades divididas, amor relutante e heroísmo. 
Sorte Liquida “Felix Felicis”: foi uma leitura de alivio.

Aparece em uso no livro/filme Harry Potter e O Enigma do Príncipe. Durante uma aula de poções ministrada pelo professor Slughorn ele oferece um frasco do Felix para o aluno que melhor preparar a poção do morto vivo no tempo restante da aula, e Harry consegue o feito usando como orientador o livro de poções do Príncipe Mestiço. 
Poção que faz a pessoa ter sorte, quando ingerida. Extremamente difícil de se fazer e catastrófica se erramos sua fórmula. Demora seis meses para ficar pronta, pois deve ficar cozinhando em fogo lento. Contudo, se preparada corretamente, os esforços da preparação serão recompensados. É muito tóxica em alta quantidade, e se ingerida em excesso causa tonteiras, irresponsabilidade e perigoso excesso de confiança. Mas, tomada com parcimônia e muito ocasionalmente não apresenta perigo. Seu uso é proibido em competições oficiais, eventos esportivos, exames e eleições.
Tem cor de ouro derretido, e quando fervida espirra vivamente para todo lado e dela saltam enormes gotas como peixinhos à superfície, embora nem uma só partícula seja extravasada. Uma garrafa pequena pode provocar efeito por até 12 horas. 
Quando fui de encontro ao livro Entre 3 Mundos, da Lavínia Rocha, eu tinha acabado de passar por um período de leitura travada. Caramba, foi magico navegar pelas águas serenas e inspiradoras dessa obra. Acho que ainda estaria preso em relação a leitura se não tivesse sido resgatado pela literatura perfeita da Lavínia.

Há algumas décadas, o Brasil vivia intensos conflitos entre pessoas normais e pessoas com dons extraordinários. Visando a paz no país, as autoridades o dividiram em dois territórios – o do Norte e o do Sul – e assinaram um contrato proibindo a migração de uma região para a outra.
Alisa é de uma família do Norte, mas foi identificada como pertencente ao Sul e precisa esconder a verdade de ambos os mundos. Além de quebrar o contrato toda semana para visitar seus pais, Alisa enfrenta problemas comuns da adolescência: acha seu próprio nome bizarro, gosta do cara errado e é a única pessoa que não percebe o quanto seu melhor amigo é apaixonado por ela.
A vida de Lisa (como prefere ser chamada) se transforma completamente com um grande acontecimento no colégio e, agora, ela se vê diante de um desafio envolvido pela descoberta do amor e da sua verdadeira identidade.

Poção do Morto-Vivo: um livro que você não conseguiu terminar.

A Poção do Morto-vivo é uma poção do sono bastante poderosa. Quem a bebe é imediatamente colocado em um transe profundo que imita o estado da morte. A poção deve ser lisa e negra na metade de seu preparo, então deverá ficar num tom de lilás, e finalmente, clara como água, após você mexê-la no sentido anti-horário sete vezes. Porém, mexer a poção no sentido anti-horário sete vezes e depois no sentido horário uma vez, como dito pelo Príncipe Mestiço, dará a ela um efeito muito mais poderoso. A Poção Restauradora de Vigor (Wiggenweld) é capaz de reverter os efeitos da poção. A megera Leticia Somnolens a usou numa tentativa de matar uma princesa que lhe causava inveja. Um príncipe, então, colocou a Poção Restauradora de Vigor nos lábios e a beijou, revivendo-a. Há quem diga que a poção do Morto-Vivo se tornou um feitiço engarrafado: Jekatonomai e que foi ela que a megera usou.
Entre o fictício e o real, Rino Caldarola narra em primeira pessoa suas desventuras e desatinos em Porto Alegre, sua cidade natal. Inconformado pela escassez de inspiração e à procura de um lugar ao sol no cenário literário brasileiro, o protagonista é o reflexo das desilusões e dos anseios que atormentam uma sociedade cada vez mais conturbada e contraditória.

Com uma narrativa insolente e exasperada, Rino constrói e defende seu espaço pessoal utilizando-se de ironia, arrogância e de um erotismo cru. Busca desvencilhar-se de sua mãe coruja e do seu bairro que outrora fora de classe média, mas agora se elitiza em nome do progresso. E, principalmente, luta para desembaraçar sua paradoxal maneira de pensar e ver o mundo.
Elixir da Vida: um livro permite vislumbrar novas perspectivas de vida.

É citado no primeiro filme/livro: Harry Potter e a Pedra Filosofal. “Criado por Nicholas Flamel, Este elixir prolonga o tempo de vida de quem o bebe. Porém seu uso deve tornar-se regular para que o mesmo mantenha sua "imortalidade". Sua forma de preparo é desconhecida, mas sabe-se que seu principal "ingrediente" é a pedra filosofal (criada pelo mesmo). 
Ingredientes:Sabe-se apenas que seu ingrediente principal é a pedra filosofal. Não se tem relatos de outro bruxo que a tenha produzido além de Nicholas Flamel em parceria com Alvo Dumbledore.
A proposta do livro Pontes Invisíveis é simplesmente fantástica e intrigante- vocês poderão perceber pela sinopse. Diante de tudo que o livro envolve, e como inspira reflexões, eu não poderia escolher outro para representar o elixir da vida. 

Se as pessoas soubessem tudo sobre você, será que você ainda teria amigos?

Esse é o drama vivido por Charles Van Galloway. O jovem que vive em Londres ficou três dias desaparecido e não se lembra de nada que aconteceu nesse período. Vivendo uma vida solitária e sem graça, ele acaba por descobrir que depois do seu sumir, ganhou uma habilidade que mudará a vida dele para sempre. Mesmo sem querer, todas suas memórias e experiencias são transmitidas para qualquer um que Charlie tocar. Agora ele precisa aprender a viver com as pessoas sabendo seus maiores segredos e descobrir como isso aconteceu e se há um jeito de parar.
Crie suas próprias pontes invisíveis e se conecte com esse mundo fantástico.

Esqueslece: um livro que te deixou em pedaços (seja positivamente ou negativamente).


Em ‘Harry Potter e a Câmara Secreta” Harry cai da vassoura durante uma partida de quadribol e quebra o braço. O desastroso professor – deveria fazer um feitiço para recupera-lo da fratura, mas na sua grande incompetência acaba retirando o osso quebrado e Harry fica com o braço mole feito borracha. Madame Pomfrey dá para Harry uma poção fica dentro de um frasco com formado de esqueleto para que os ossos de Harry cresçam novamente. 
Usada para recuperar problemas nos ossos, como fraturas ou até mesmo a falta deles. Leva aproximadamente oito horas para reconstituir os ossos de um membro inteiro, como um braço, e possui um gosto horrível. 
Colocar Extraordinário num item que tem a representação um pouco sombrio por ter uma caveira não parece o mais adequado, entretanto esse livro é o que mais mexeu comigo em toda minha 'vida de leitor'. Ele adentrou fundo na minha alma, remexeu minha zona de conforto, me inspirou. O livro me fez amar, chorar e sofrer e tudo foi tão incrível que atualmente ele é meu livro favorito.

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros. 


R. J. Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade. Um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo o tipo de leitor.


Poção Mata-Cão (1° livro)/ Poção de Acônito (6° livro): um livro com um personagem que tem habilidade 'lupinas'

Em umas das reuniões do clube do Slug, o professor Slughorn comenta com seus convidados que o tio do aluno Belby inventou a poção. “Poção inventada por Dâmocles Belby. Não cura licantropia, mas suaviza a irracionalidade do lobisomem. Tão complexa que apenas poucos bruxos são capazes de fazer, essa poção ameniza o humor selvagem do lobisomem, fazendo com que este vire um lobo calmo durante a lua cheia.

A minha querida Ladra do Tarô, do livro Crimes do Tarô, é sem duvidas a personagem ideal pra esse item da TAG. Ela é esperta, audaciosa e muito competente em tudo que faz.

A livraria estava deserta àquela hora da manhã. Tinha um clima tranquilo, era um espaço de paz onde cheiros, luzes e sombras, objetos e móveis antigos em madeira escura harmonizavam-se. Era possível reconhecer ali a presença de culturas milenares e a sapiência de povos ancestrais. Mesmo pessoas céticas, como inspetor Tomás, podiam sentir a energia esotérica que inundava aquela pequena sala em uma estreita galeria do Bairro Cigano. A presença de Tomás naquela loja demonstrava a certeza que ele agora tinha de que mais cartas de tarô surgiriam para decifrar. Tinha esperança que não fossem muitas

Para conhecer a lista completa de poções de Harry Potter, clique aqui.

Você irá gostar

TAG Sete Poções
4/ 5
Oleh

12 comentários

Escrever comentários
avatar
26 de março de 2016 18:35

Vou te confessar que o livro "Verme" iria me fazer dormir de qualquer maneira, só pela capa.
Pontes invisiveis me parece um livro bem interessante.
Beijinhos, Helana ♥
In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

Responder
avatar
26 de março de 2016 22:31

Oi Augusto,
Tudo bem?

Eu sou um leigo no mundo de Harry Potter, então não faria sentido responder esta TAG. Mas,foi muito criativa, e as escolhas aparentemente, se encaixaram muito bem! :)

www.isaaczedecc.blogspot.com

Responder
avatar
26 de março de 2016 22:42

Olá meu anjo,

Não sou muito fã de HP, mas gostei muito da sua TAG mesmo com detalhes de poções mágicas que não sei como são feitas ou para que servem rsrs.

Adoro Bernard e vivo relendo os livros deles...choro só de ver a capa de Extraordinário que estilhaçou meu coração quando li.

Beijos,
poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

Responder
avatar
27 de março de 2016 01:50

Olá, tudo bem?

TAG muito interessante e criativa. Gostei. Apesar que nunca fiz uma tag lá no blog. Sou a pura preguiça. Mas adoro ver em outros blog, e gosto mais ainda quando é bem feita. Gostei das escolhas dos livros, alguns conheço, como Extraordinário (que amo). Boas leituras.

Abraços.

Responder
avatar
27 de março de 2016 14:04

Gostei bastante da tag, queria ter criatividade para criar uma. E olha, gostei mais ainda que você explicou as porções, porque se não, eu ficaria bem perdido e tenho certeza que outros leitores também ficariam.
Na Poção Polissuco, eu escolhei Percy Jackson, além de fazer eu me apaixonar pela escrita do tio Rick, ele ainda ajudou a escolher meu curso na universidade haha.
E alguém que ama Extraordinário <3. Acho que a leitura desse livro deveria ser obrigatória.
http://blogpausageek.blogspot.com.br/

Responder
avatar
27 de março de 2016 20:14

Olá,
Essa Tag foi bem criativa e gostei bastante. Quase não participo, quando algum blog indica, acabo passando para minha colega de blog.
Como nunca li HP e não pretendo, essa Tag seria bem complicada rs.
Parabéns pela criatividade.
beijos

Responder
avatar
29 de março de 2016 15:47

Oi!!!

Como não domino o mundo HP não conseguiria fazer essa TAG, entretanto parabéns pela criatividade. Que outras mais surjam assim, e você realmente ama o Harry.

Beijos!!

Responder
avatar
Ju
30 de março de 2016 21:37

Não li nenhum dos livros que você escolheu para colocar na tag, mas sou louca para ler Extraordinário! E adorei a forma como a tag foi construída, acho que nunca conseguiria fazer algo do tipo... parabéns!

Beijo!

Ju
Entre Palcos e Livros

Responder
avatar
Ju
30 de março de 2016 21:40

Não li nenhum dos livros que você escolheu para a tag, mas sou louca para ler Extraordinário, acho que vou gostar demais! Amei a forma como a tag foi construída, acredito que não conseguiria fazer algo assim, parabéns!

Ju
http://entrepalcoselivros.blogspot.com.br/

Responder
avatar
31 de março de 2016 15:11

Oiee, Primeiro, devo dizer que não gosto de responder tag, até responde assim que começei o bloba, rsrsr.
Extraordinário é um dos livros que quero muito ler, mas nunca chegou minha oportunidade.

Beijos da Fê
As Catarina´s / Fanpage / Instagram

Responder
avatar
1 de abril de 2016 23:32

Olá... tudo bem??
Achei a tag bem legal...o universo do Harry Potter, dá para gente fazer altas viagens... e divagações... dos livros que você citou só conheço de resenhas extraordinário... sempre leio opiniões super positivas dos leitores... parabéns pela criação da tag... ficou ótima! Xero!

Responder
avatar
2 de abril de 2016 16:16

Oie
bem legal a tag e amo Extraordinário, fiquei interessada em Ponte invisíveis, ótimas respostas haha

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Responder